O BLOG

Uso este espaço para postar alguns temas que gosto: arquitetura, construção, sistemas construtivos, paisagismo, patrimônio cultural, arte, museus/museologia, design, escultura, finanças, fotografia, música, e outras coisinhas..

Este blog é fruto das minhas leituras, edito o que mais gostei...para nossa inspiração!

Obrigada pela visita e volte sempre.

Seja Bem-Vindo (a) !!!

Este blog foi elaborado pela arquiteta Marjorie Karoline © 2008-2016

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Salas e você?

Existem salas que não saem de moda, qual será a que combina mais com você?

Toque étnico
A base da sala é contemporânea: traz móveis de linhas retas e peças de tons neutros, como o sofá off-white e o grande tapete de sisal.

istura na dose certa: o contemporâneo e o étnico
1. Piso de madeira, sofá offwhite, tapete de fibra e marcenaria branca e reta compõem uma base atemporal.
2. O colorido está em tecidos, acessórios e pequenos móveis, que podem ser substituídos para variar o visual.
3. O fascínio do Ocidente por objetos de outras culturas atravessa os séculos e permanece em voga.
4. As formas orgânicas das peças étnicas amenizam as linhas retas contemporâneas e trazem aconchego.




Visual natural - neste caso ao design escandinavo
Investir em um bom piso de madeira e numa marcenaria de linhas puras é um ótimo começo para produzir uma sala de visual durável.

Simplicidade de formas

O uso de madeiras claras, as linhas sinuosas, o emprego racional de materiais e a valorização do conforto e da praticidade estão entre os preceitos que mantêm o design escandinavo sempre atual, embora algumas de suas peças ícone já tenham mais de 70 anos.
1. O ambiente reverencia a madeira, material natural, de toque caloroso e que sempre agrada.

2. Na marcenaria, combinar peroba- do-campo e peças laqueadas de branco ilumina o espaço e assegura a leveza.
3. Optou-se por privilegiar o design escandinavo, uma ver tente do mobiliário que já se tornou clássica.
4. Apesar de reunir várias funções, há a unidade visual entre os diferentes espaços da sala.

Clássica: em tons e linhas suaves

A França dos anos 1930 e 40 serviu de modelo para o designer de interiores Roberto Negrete compor a decoração desta sala. “A arquitetura da casa segue uma linguagem neoclássica, ou seja, remete aos séculos 18 e 19.
 1 . O projeto elege a elegância francesa como inspiração e todas as escolhas se mantêm fiéis a essa proposta.
2. Aposta em um mobiliário clássico, cujo desenho resiste ao tempo, produzido
com muita qualidade.
3. Tem paredes monocromáticas, que não cansam, valorizadas por molduras. Predominam os tons neutros.
4. Adota a disposição simétrica dos móveis, como é típico no estilo clássico, o
que propicia conforto visual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários são moderados.
Não serão publicados comentários fora do contexto da postagem ou que utilizam de linguagem inadequada.