O BLOG

Uso este espaço para postar alguns temas que gosto: arquitetura, construção, sistemas construtivos, paisagismo, patrimônio cultural, arte, museus/museologia, design, escultura, finanças, fotografia, música, e outras coisinhas..

Este blog é fruto das minhas leituras, edito o que mais gostei...para nossa inspiração!

Obrigada pela visita e volte sempre.

Seja Bem-Vindo (a) !!!

Este blog foi elaborado pela arquiteta Marjorie Karoline © 2008-2016

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Guia de Reformas NBR 16.280 - CAU - Conselho de Arquitetura e Urbanismo

A NBR 16.280 estabelece requisitos e procedimentos a serem seguidos:
  • antes, durante e depois de uma obra;
  • atribuições de donos de imóveis e sindícos de condomínios no processo de reforma de propriedades.

Em vigor, desde 18 de abril de 2014, a NBR 16.280 não se aplica somente a reformas mais complexas, mas abrange casos de reformas mais simples, como a aplicação de revestimentos.

Compartilho o folder feito pelo CAU/DF explicando as principais dúvidas.






quarta-feira, 28 de maio de 2014

Revestimentos


Parece madeira, parece tijolo, parece concreto. Com impressões em alta definição, os novos revestimentos reproduzem cada vez melhor os materiais originais.

Nunca os revestimentos foram tão democráticos.

Ao mesmo tempo que as madeiras, mármores, ladrilhos e outros elementos naturais mantêm seu público fiel, a cada ano surgem mais alternativas para cobrir superfícies com personalidade e conforto. 
Apresentados na 12ª edição da ExpoRevestir, a maior feira de revestimentos, metais e louças sanitárias da América Latina, realizada em março, na capital paulista, porcelanatos, pisos vinílicos, laminados e cimentícios .....




Efeito pedra
Poroso e oriundo de fontes esgotáveis, hoje pode ser imitado por cerâmicas e porcelanatos com propostas similares, feitos em peças grandes e finas. 

1: Cerâmica Calacata, com impressão em alta definição. Peças de 44 x 44 cm. Via Ápia, R$ 15,70 |
2: Porcelanato Travertino Romano, polido com alto brilho, 54 x 54 cm. ViaRosa, R$ 63,60 o m² | 3: Porcelanato Linear Marble HD, cor White com textura acetinada, 30 x 90 cm. Portinari, R$ 99,90 o m² | 4: Lâminas de pedra Skinner Dakar, 0,60 x 1,20 m. Palimanan, R$ 245 o m² (Fotos: Divulgação)


Efeito ladrilho

1: Porcelanato Bistrô com relevo e aspecto de ladrilho hidráulico, 54 x 54 cm. ViaRosa, R$ 53 o m² | 2: Cerâmica esmaltada linha Algarve, 30 x 60 cm, da Angelgres. Cassol Centerlar, R$ 17,90 o m² | 3: Porcelanato Blue Memory, 60 x 60 cm, com rejuntes e laterais de aspecto antigo. Decortiles, R$ 81 o m² | 4: Porcelanato Patchwork Português, 44 x 88 cm, com efeito pintado à mão. Eliane Revestimentos Cerâmicos, R$ 94 cada peça (Fotos: Divulgação)



Efeito cimento queimado
Poroso e suscetível a manchas e trincas, o concreto aparente evoca a poética urbana, o minimalismo e dá ao projeto um aspecto contemporâneo. Funciona bem combinado a peças clássicas e industriais.



1: Porcelanato Soho Vintage, indicado para pisos, paredes e fachadas, 54 x 54 cm. ViaRosa, R$ 39,90 o m² | 2: Piso Grigio, da Castelatto. Com textura antiderrapante, a peça mede 60 x 60 cm. De Stijl Revestimentos, R$ 149 o m² | 3: Porcelanato Chicago Grafite, 83 x 83 cm, da Biancogres. São Jorge Shopping da Construção, R$ 65,71 o m² | 4:Tacos de pínus, 7,5 x 22,5 cm. Da Oca Brasil, podem ser paginados como tijolos. Tidelli, R$ 212 o m² (Fotos: Divulgação) 


Efeito tijolo
Revestimentos alternativos trazem a sensação nostálgica e cativante desse material. 

1: Pastilhas Amêndola Demolição Grigio têm irregularidades na superfície e medem 3,3 x 12 cm, IndusParquet, R$ 477 o m²  | 2: Cerâmica Brick, modelo Rosso, 6 x 26 cm. Novidade na Mazza Cerâmicas, R$ 159 o m² | 3: Revestimento feito de mármore, da linha Brick Marmo, com pedras cortadas em forma de tijolo, 7 x 23 cm. Lepri, R$ 248 o m²  | 4: Tacos de pínus, 7,5 x 22,5 cm. Da Oca Brasil, podem ser paginados como tijolos. Tidelli, R$ 212 o m² (Foto: Divulgação)



Efeito Madeira


1: Porcelanato Legno Maso, da Biancogres, disponível em dois formatos: 0,26 x 1,06 m e 63 x 63 cm. AC Coelho, R$ 95,90 o m² e R$ 53,90 o m², respectivamente | 2: Porcelanato Barrique, coleção Naturale, da Villagres. Placas de 60 x 60 cm, adequadas para pisos, paredes e bancadas. Recesa, R$ 70 o m² | 3: Piso laminado Vintage, linha Atrative, da Eucafloor. Réguas de 0,22 x 1,35 m, com 8 mm de espessura e encaixe sem cola. Eucatex, R$ 89,90 o m² | 4:  Porcelanato esmaltado Ecovilla, réguas de 0,20 x 1,20 m, com aspecto pintado e envelhecido. Decortiles, R$ 160 o m²  (Fotoss: Divulgação)




Via Casa e Jardim/ imagens diversas da internet..


quinta-feira, 23 de agosto de 2012

COBOGÓ

O Cobogó, foi criado em Recife, na década de 1930,  por três engenheiros, cuja sílabas iniciais do sobrenome, deram nome ao produto: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August  Boeckmann e Antônio de is .

Foram concebidos a partir dos muxarabis, treliças de madeira que ficavam nas janelas das construções árabes.



Elemento vazado, inicialmente feito em cimento, posteriormente passou a ser construído com outros materiais como a argila, vidro, cerâmica, ferro, aço, madeira,  em muitos tamanhos e desenhos.

Auxilia na privacidade de ambientes e ainda garante  iluminação e ventilação natural. 

Elemento presente em obras de Lúcio Costa, Niemeyer e outros grandes arquitetos do século XX.

Hoje as peças reaparecem, influenciando o design contemporâneo brasileiro.



























 











  A partir de uma pesquisa das tipologias tradicionais dos cobogós cerâmicos, a equipe do Studio mk27, escritório liderado pelo arquiteto Marcio Kogan, elegeu três padronagens que foram relidas para se ajustar ao novo material, o mármore.
Apenas uma foi realizada, segue abaixo:

Padronagem - Cobogó Haaz - Marcio Kogan


Via  imagens variadas da internet.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Banheiro: layout e materiais


Solução une charme, organização, conforto térmico e durabilidade aos espaços.



Na área da banheira foi utilizado deques de bambu (Natur Pisos) na parede.





As paredes da ducha receberam limestone (Alicante), além do material cimentício que imita pedras (Pietra Pedras) e compõe o nicho com prateleiras de vidro.

Via CasaClaudia