O BLOG

Uso este espaço para postar alguns temas que gosto: arquitetura, construção, sistemas construtivos, paisagismo, patrimônio cultural, arte, museus/museologia, design, escultura, finanças, fotografia, música, e outras coisinhas..

Este blog é fruto das minhas leituras, edito o que mais gostei...para nossa inspiração!

Obrigada pela visita e volte sempre.

Seja Bem-Vindo (a) !!!

Este blog foi elaborado pela arquiteta Marjorie Karoline © 2008-2016

domingo, 30 de outubro de 2011

Tijolinho Aparente - em várias facetas

Os primeiros exemplares datam de 7500 a.C, eram feitos de modo artesanal e secos ao sol. Depois da Revolução Industrial, passaram a ser produzidos em larga escala e usados em diversos lugares. Mesmo assim, perdeu muito espaço para os blocos de tijolo convencionais (esses que sempre vemos nas obras) que agilizam a construção e acabam saindo mais baratos.

http://assimeugosto.files.wordpress.com/2010/07/huntsmanphoto.jpg
Loft com tijolos originais na parede
Atualmente, os bons e velhos tijolos de barro ainda são muito utilizados de forma aparente (ou à vista, como também é conhecido) e atraem por seu charme, beleza e textura únicos. Combinam em obras rústicas ou contemporâneas. Os tamanhos e tipos se multiplicaram e novas cores já são oferecidas.




Dentre as suas principais vantagens estão a resistência e durabilidade; o conforto térmico e acústico; a versatilidade dos blocos que podem ser usados como estrutura e acabamento; a atemporalidade, pois nunca saem de moda. Como desvantagem: sujam facilmente em áreas externas; os tamanhos e as cores mudam bastante, então deve-se calcular a quantidade necessária e comprar de um só fornecedor.

Aparentes??
Construções Antigas: Seu imóvel é antigo e ao remover o reboco das paredes, descobre-se que os tijolos são maciços, bonitos e bem conservados. Neste caso, alguns tipos de acabamentos podem ser considerados: o aspecto original de demolição, eles podem ser patinados ou pintados .

* Antes de destruir todo o seu reboco, verifique se os tijolos são realmentes maciços! Tijolos furados convencionais, blocos de cerâmica e blocos de concreto não ficam legais aparentes. 
 
Construções Novas: Ao construir ou reformar, pode-se escolher qual o tipo de tijolo aparente o seu imóvel terá. Uma casa estruturada em tijolo aparente é diferente de uma parede revestida de tijolo aparente. No caso de uma construção, você deverá decidir qual será o tipo de estrutura, a cor dos tijolos, o tipo de junta e, finalmente, o tipo de acabamento.

http://assimeugosto.files.wordpress.com/2010/10/tijolo-estrutura-2.jpg

Estrutura metálica ou de concreto – O tijolo aparente pode obedecer o mesmo processo de construção dos tijolos comuns e a estrutura pode ou não ser disfarçada, recoberta de tijolinho ou simplesmente pintada. Os tijolos podem ser usados somente como vedação, preenchendo os vãos formados pela estrutura de pilares e vigas e criando painéis sem interferência de outros elementos.

Estrutura de madeira – Outro acabamento que pode enriquecer a casa é investir na madeira com o tijolinho. Nesse caso, a madeira deve receber um tratamento para proteger da umidade.

Paredes amarradas em tijolosAs próprias paredes de tijolos sustentam a cobertura, dispensando ferros e concreto. Uma parede completa de tijolos aparentes sem emendas tem outro aspecto! E você poderá usufruir do tijolo dentro e fora da casa. O único problema é que para esse tipo de construção a obra sai bem mais cara!

Cores e Tipos 
“Seja para compor paredes, seja apenas para revesti-las, a intenção é deixá-los à mostra!” 
 Escolha com atenção o tijolo mais adequado ao seu projeto, levando em consideração a qualidade das peças, seu formato, cor e o custo. Blocos ruins costumam ser mais baratos, mas dão prejuízo pois a perda é grande.

As cores mais comuns são em tonalidades de vermelho e laranja, mas existem peças mais claras (meio rosadas),  tabaco, café, preto…
 Da Cia das Telhas, tijolo aparente branco (10,5 x 5 x 23 cm).

                               Aparente vermelho, da Spina (10,5 x 5 x 23 cm).

                         Outro aparente (10,5 x 5 x 23 cm). Na cor salmão, da Spina.

 
                       A Spina vende também o aparente mesclado (10,5 x 5 x 23 cm.

              Tijolo de canto 45 graus (10 x 5 x 22 cm) vermelho, da Cia das Telhas.

 Da Lajoteiro, tijolo meia-lua (28,5 de diâmetro x 5 cm) vermelho.

      Tijolo curvo (10 x 5 x 22 cm) vermelho, da Lajoteiro.

                   Da Cerâmica Forte, tijolão bico curvo (12 x 7 x 26 cm) mesclado.

                             Tijolo canto redondo palha (10,5 x 5 x 22,5 cm), da Spina.

                                 Tijolo bico de pato (11 x 6 x 23 cm) palha, da Cerâmica Forte.

                             A plaqueta palha (10,5 x 3,5 x 23), da Cia das Telhas.

 
 O tijolão mesclado (12 x 7 x 26 cm) serve como alvenaria ou revestimento. Da Cerâmica Forte.

Os modelos e tamanhos podem variar bastante, os mais comuns são os retangulares de 25 x 10 x 5 cm e custam a partir de R$ 250 o millheiro. Peças maiores e com tratamentos diferenciados, como o envelhecido de demolição, custam mais caro, a partir de R$1300 o milheiro. (fonte: revista Arquitetura e Construção Outubro 2010).

Na hora da compra, verifique: peças com a marca do fabricante estampada garantem a responsabilidade sobre o produto; ao bater um tijolo no outro, a emissão de um som metálico demonstra resistência; cheque se ele não quebra ou se esfarela com facilidade; se o interior da peça estiver cinza, a queima não foi bem feita.

Juntas


Após definir o tipo de estrutura, a cor e o tamanho do tijolo, está na hora de definir como o material será aplicado na sua parede. O assentamento deve ser feito com areia peneirada para que as pedrinhas não interfiram no acabamento. cuide para que o excesso de massa do rejunte seja removido evitando que endureçam sobre as peças. 

As juntas podem ser de três tipos:
Cheia - a massa é nivelada na superfície do tijolo.

Frisada - retira-se a massa entre os tijolos, criando uma pequena profundidade entre as peças.

Junta seca - os tijolos apóiam-se diretamente uns sobre os outros. Esta é a que acho o mais moderna e bonita!


 

Demolição – Um dos acabamentos mais apreciados e utilizados. No caso das construções originais, após retirar o reboco, é só raspar a sua cobertura e deixá-los à vista. Sendo assim você já tem as paredes com tijolos envelhecidos, ou seja, com efeito de demolição. No caso das obras, após assentá-los, deve-se remover o excesso de massa e com uma esponja úmida espalhar o resto do cimento, dando o efeito de envelhecido.

Patinado – O efeito de pátina pode ser conseguido de diversas maneiras, como por exemplo com caiação: 1 lata de cal, 2 de areia peneirada e 1/2 de cimento e água. A mistura pastosa é aplicada nas juntas e depois, mais diluída, é passada sobre os tijolos com broxa, como uma tinta. Depois, é só lixar e impermeabilizar com uma camada de silicone – efeito que realça sutilmente a textura dos tijolos, deixando o acabamento homogêneo. Outra maneira de conseguir o efeito patinado: Aplicar uma demão de tinta latex dissolvida em água, na proporção 1:1.; depois lixar e impermeabilizar igual na caiação. / Cobrir os tijolos com uma demão de uma camada fina de massa corrida. Espere secar por um dia e com uma lixa grossa remova o excesso do produto para dar o aspecto envelhecido aos tijolos.

Pintado – Para quem gosta da textura mas não da cor dos tijolos, um efeito interessante e muito usado é apenas pintar com a cor que mais gostar.
http://assimeugosto.files.wordpress.com/2010/10/p-desiretoinspire.jpg
 Tijolos pintados

Original – O tijolo aparente é por si só um belo revestimento e já nos fornece um visual trabalhado. Pode-se deixá-lo original, na cor do fabricante, e apenas impermeabilizá-los com resina de silicone.

Mesclado -Tijolos em diversos tons conferem um efeito salpicado às paredes. Eles podem ser mesclados, alguns mais avermelhados e outros em tons mais claros.

Rústico – Tijolos assentados com saibro numa mistura de argila e areia grossa, ficam com um acabamento mais grosseiro.

* Imitação -  Existem disponíveis no mercado opções que imitam o efeito do tijolo aparente. O que sempre falo e volto a repetir: imitação só se for muito bem feita e, de preferência, algum lançamento ou material bem atual. Aquelas cerâmicas antigonas que imitam tijolinho, nãããão!!!
 

FinalizaçãoÉ necessário impermeabilizar os tijolos para retardar o desgaste do material, protegendo-o das interpéries e evitando a formação do limo. Uma sugestão é aplicar verniz acrílico, resina ou silicone no acabamento final. Entre os materiais mais utilizados estão o silicone líquido (ex. Acquela), que penetra no tijolo sem alterar sua aparência. Como o material não forma um filme selador, permite que o material respire. Sua aplicação deve ser feita com trincha e dura até dois anos. Outra alternativa são as resinas acrílicas à base de solvente, aplicadas com rolo de lã de pêlos curtos. Elas oferecem maior durabilidade, mas escurecem a superfície. Conforme a resina, pode-se obter um efeito brilhante, semi-brilhante ou acetinado.  Antes da aplicação impermeabilizante é necessário que os tijolos estejam limpos.

http://assimeugosto.files.wordpress.com/2010/10/bm-dcasa-18.jpg

Limpeza – Em áreas externas as paredes precisam de manutenção constante para evitar o limo. As superfícies  podem ser lavadas por hidro-jateamento ou limpas com uma solução de 30% de cloro e 70% de água, passados com uma vassoura de piaçava.  Se as manchas persistirem você pode utilizar uma lixa de madeira número 36 e fazer os reparos usando talhadeira ou formão, sem trincar os rejuntes, trocando-as por outras do mesmo tamanho e tonalidade.

Sustentabilidade - O tijolo de solo-cimento, composto de terra, cimento (de 5 a 12%) e água, é mais ecológico pois sua produção, através de prensagem hidráulica, ocorre sem a queima de madeira e o consumo de energia (presentes na fabricação dos tijolos cerâmicos convencionais).

 Banheiro branco com paredes em tijolo aparente, mistura interessante.
 
 
miksa patina Pinturas e Revestimentos para ambientes internos e externos

A Miksa Pátina da Italit, é uma pintura que modifica a aparência do tijolo, ela clareia a superfície em que foi aplicada e deixa o efeito patinado sobre elas,tornando a aparência mais leve e moderna.

   Arco feito com os tijolinhos, dando um detalhe a mais


Inspiração Toscana
 


 

Tijolo patinado..

 Pintado em branco, ficando mais clean


PASSO A PASSO PARA ENVERNIZAR E RESINAR TELHAS E TIJOLOS APARENTES

Os dois principais materiais para proteger e realçar tijolos e telhas são: vernizes  e resinas acrílicas.
Seguem dicas para aplicação dos mesmos:

Materiais necessários:
  • Duas folhas de lixa Nº 150.
  • 400 gramas de estopa, para pintura.
  • Um rolinho de espuma de 10 cm.
  • Um rolo de fita crepe.
  • Uma trincha de duas polegadas.
  • ¼ de verniz ou resina, de sua preferência e marca.
  • Uma bandeja pequena para por o verniz ou a resina
  • Um diluente para verniz ou resina, caso o material precise de um diluente.
Aplicação:

  • Isole as partes que não serão envernizadas com fita crepe.
  • De uma boa lixada nos tijolos, limpe toda a poeira, gordura ou resíduo que impeça uma boa pintura.
  • Agite o verniz antes de usar, e aplique a primeira demão.
  • Aguarde o intervalo de secagem da primeira demão.
  • Após esse intervalo, aplique a segunda demão de verniz ou resina.
  • Aguarde novamente o intervalo da segunda demão e aplique a ultima demão.
Observação: O passo a passo acima serve para envernizar ou resinar telhas, tijolos aparentes, churrasqueiras e pedras.
Fonte: Revista Casa e Construção, Desire, e internet variados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários são moderados.
Não serão publicados comentários fora do contexto da postagem ou que utilizam de linguagem inadequada.