O BLOG

Uso este espaço para postar alguns temas que gosto: arquitetura, construção, sistemas construtivos, paisagismo, patrimônio cultural, arte, museus/museologia, design, escultura, finanças, fotografia, música, e outras coisinhas..

Este blog é fruto das minhas leituras, edito o que mais gostei...para nossa inspiração!

Obrigada pela visita e volte sempre.

Seja Bem-Vindo (a) !!!

Este blog foi elaborado pela arquiteta Marjorie Karoline © 2008-2016

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Casa caipira na serra?

O cenário é de São Francisco Xavier, interior de São Paulo. Fortes cores e vista para o verde da montanha são algumas das vantagens da casa de 90 m². Com varanda, três quartos, um banheiro e cozinha, o imóvel quase não sofreu alteração após a compra. Na decoração com móveis usados, os donos, a decoradora Neza Cesar e o fotógrafo Sérgio Divitiis, mostram que comprar pode ter um ótimo substituto: reaproveitar.

Varanda
Os 30 m² da varanda oferecem descanso. Redes, colchonetes e tapetes garantem o conforto e ajudam no relaxamento ao lado da vista.

Vista
Para admirar o horizonte: um singelo banquinho de pedreiro ganhou cor e agora combina com a casa.

Parede
Apesar de serem frios, os tons usados na parede alegram as paredes externas da casa.

Adornos
Quatro pratos de porcelana Limoges e bons talheres de prata compõem a louça da casinha. Algumas destas peças foram herdadas pela mãe de Neza.

Sala
Na vidraçaria da cidade, Neza escolheu sobras de vidro e, na medida deles, rasgou a janela da parede. A ideia da proprietária era ter mais abertura para a vista. Acima da lareira, uma prateleira de mármore sobre mão-francesa. Os azulejos vieram de São Paulo e são da artista plástica Calu Fontes.

Sala
Um dos dormitórios foi integrado à sala - ampliando o ambiente. O tapete listrado é formado pela junção de duas peças antigas, sem uso, para chegar ao tamanho ideal para o espaço. O revestimento do sofá é feito de patchwork com diferentes tecidos. Na foto, o boxer Sathya (verdade em sânscrito).

Cozinha
Os diferentes ambientes da casa receberam mais de uma cor cada um. É o caso da cozinha, com paredes azuis e amarelas. Uma mesinha com duas cadeiras é o suficiente para as refeições do casal.

Cozinha
No lado amarelo da cozinha, um tradicional fogão à lenha ajuda a aquecer a casa toda do friozinho da serra. O piso de cimento queimado é original da construção.

Fonte: Revista Casa Claudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários são moderados.
Não serão publicados comentários fora do contexto da postagem ou que utilizam de linguagem inadequada.