O BLOG

Uso este espaço para postar alguns temas que gosto: arquitetura, construção, sistemas construtivos, paisagismo, patrimônio cultural, arte, museus/museologia, design, escultura, finanças, fotografia, música, e outras coisinhas..

Este blog é fruto das minhas leituras, edito o que mais gostei...para nossa inspiração!

Obrigada pela visita e volte sempre.

Seja Bem-Vindo (a) !!!

Este blog foi elaborado pela arquiteta Marjorie Karoline © 2008-2016

domingo, 30 de outubro de 2011

Tintas - proteção extra

Mais do que efeito estético, as tintas têm a missão de prolongar a vida útil da construção e do mobiliário.

O homem usa pigmentos naturais desde os tempos das cavernas quando desenhava cenas da vida cotidiana. Hoje, a indústria química é responsável pela enorme gama de possibilidades. E a tinta, composta de um ou mais corantes misturados a uma base. Ao ser aplicada, em camadas, forma uma película opaca e aderente sobre as superfícies, protegendo-as contra os raios solares, chuva, maresia e outros agentes externos, além de embelezá-las.

Há três tipos básicos de pintura residencial, apesar de cada fabricante oferecer opções variadas. São o látex, os esmaltes sintéticos (bastante próximos do óleo) e os vernizes. 

O látex pode ser à base de PVA, acrílico ou vinil-acrílico. Indicados para interiores, as de PVA dão acabamento fosco e possibilitam retoques, maquiando pequenos reparos e imperfeições da área. 

O látex acrílico é semibrilhante e possui resina acrílica. Mais resistente, recomenda-se sobre áreas externas. O retoque não pode ser feito, além de ser mais caro. 

O látex vinil-acrílico, intermediário entre os dois produtos anteriores na aparência como nos resultados, pode ser uma saída para quem não quer pagar pelo modelo 100% acrílico. 

Os vernizes têm uso nas superfícies de madeira, metal, etc., proporcionando brilho e impermeabilização. 

As pinturas epóxi são um capítulo à parte. Saíram do uso industrial para ganhar o mercado residencial, indicadas para azulejos, peças de banheiros e tetos úmidos. O forte odor e a necessidade de cuidados para chegar a boas finalizações devem ser levados em conta na hora da escolha.

Tem boa qualidade?
1. Ao abrir uma lata de tinta pela primeira vez, o produto não deve apresentar excesso de sedimentação, formação de nata, coagulação ou separação de partículas que não possam ser homogeneizadas com uma simples agitação manual. 

2.
 Precisa espalhar-se com facilidade e as marcas de pincel ou rolo desaparecer pouco tempo após a aplicação, deixando uma película uniforme.

3.
 A superfície deve estar coberta com o menor número possível de demãos. Prefira as que cobrem maior área por galão com menor número de camadas.

4. A durabilidade também é importante, tornando-se resistente às intempéries e aos produtos químicos de uso doméstico, como detergentes, água sanitária, etc.

Recomendações Gerais

 Só pinte sobre reboco novo após esperar um mês para secagem. 

 A superfície deve estar devidamente preparada antes da pintura.

 Evite executar o trabalho em dias chuvosos. 

 Não utilize cal como fundo em áreas novas para produtos à base de látex ou acrílicos. Aplique seladoras. 

 Use massa corrida como indicam os fabricantes.

 As paredes pintadas com látex ou acrílica devem ser lavadas com esponja macia, água, sabão, ou detergente neutro. É necessário aguardar 30 dias para fazer a primeira limpeza.

 Não se recomenda utilizar mais de uma bisnaga de corante (50 ml) por galão de tinta acrílica ou vinil-acrílica.

 Ao recobrir pisos, retire a poeira, areia, graxa ou óleo e tenha certeza de que o local está seco. As áreas precisam ser absorventes. Faça o teste com uma gota de água: verifique a porosidade e a absorção.

Paredes 

Para colorir ou proteger paredes internas, o látex PVA é ideal.
O látex PVA é a mais indicada para cobrir paredes internas com acabamento fino. Recobre a alvenaria com as cores de linha ou dos sistemas de mistura de pigmentos. A resina ou látex acrí- lico protegem as externas. O acabamento pode ser fosco ou aveludado. 

Sugestões de látex PVA: 
 Suvinil Millenium (Suvinil): alia as propriedades do látex às do acrílico: facilidade de aplicação e retoque do primeiro e a lavabilidade do segundo. Nas cores branca neve, gelo, palha, marfim, pérola, pêssego, champanhe e areia.

 Policor (Tintas Globo): novidade da empresa. Ao aplicá-la, exala aroma de lavanda. Seu uso é permitido em áreas externas. 

Sugestões de resinas e acrílicos: 
 Novacor Parede (Tintas Globo): seu preço atraente torna o produto uma opção para similares de PVA do mercado

 Ironcryl Premium (Renner): 100% acrílico, tem brilho e composição antimofo, antifungos e algas.

 Coralplus (Coral): proporciona acabamentos variados: semibrilho, acetinado e fosco.

 Toque de Seda (Suvinil): acrílico premium de alta resistência e durabilidade, encontrada em 12 tons claros missíveis entre si (do verde, salmão, amarelo, azul, cinza chegando ao branco).

Acabamento em móveis 
Para restaurar a madeira com brilho ou cor use vernizes ou esmaltes.
Óleo, esmaltes sintéticos e vernizes são opções para dar acabamento e proteção a peças de madeira ou metal. 

Sugestões:

 Óleo Reko (Renner): acabamento liso e brilhante.

 Esmaltex (Solventex): esmalte com aditivo contra a aderência de sujeiras, de acabamento brilhante e liso.

Verniz tingidor e restaurador (Sayerlack): restaura objetos de madeira velha, além de tingir a mesma.

Decorare (Sayerlack): proporciona efeitos de pátina e decapê nos móveis de madeira em interiores, pois é à base de água.

Promar Esmalte Sintético (Sherwin-Williams): esmalte colorido com brilho ou acetinado. Também protege o vime.

Esmalte Coralit (Coral): com acabamentos fosco, acetinado ou semibrilho.

Azulejos, laminados plásticos 

O epóxi pinta azulejos, pastilhas e pias, além de laminados plásticos.
Em cozinhas e banheiros, o principal é recobrir azulejos, laminados melamínicos e outras superfícies não porosas. As tintas epóxi ou com outras bases, como resinas acrílicas modificadas, devem ser resistentes à água e fáceis de limpar. As únicas ressalvas são os pisos, piscinas, saunas e banheiras.

Sugestões:
 
Novacor Azulejo (Tintas Globo): pinta azulejos e pastilhas, trazendo brilho e cor.  
 Sayerdur (Sayerlack): epóxi superaderente, sua utilização se extende aos sanitários, pias, laminados melamínicos, alumínios e vidros. Obtenha cores com os tingidores preto, azul, amarelo, laranja e ocre. 
 Coralplus Superlavável (Coral): acrílico à base de água, acetinado e nas cores de mercado. Facilita a limpeza da superfície com manchas de bebidas, alimentos, gorduras, graxas e riscos de solados de sapato, grafite, lápis de cor e batom. 

Pedras decorativas, tijolos e concreto 
As pedras naturais ganham vida com produtos à base de resina acrílica.
Escolha produtos à base de resina 100% acrílica, que protegem contra a umidade e o limo, inibindo as infiltrações de água. Realça a tonalidade natural de superfícies porosas como as recobertas por pedras naturais (ardósia, pedra mineira e pedra goiana). Serve para dentro e fora de casa. Algumas marcas oferecem tonalizantes. 

Sugestões:
Resina Acrílica (Suvinil): brilhante, indicada para pedras ardósia, mineira e goiânia, além de telhas de barro, tijolos e concreto aparentes, e pisos. 
 Resina Impermeabilizante Novacor (Globo Tintas): uso não recomendado sobre madeira. 
 Stonelack (Renner): verniz incolor de rápida secagem. Evite superfícies vitrificadas, esmaltadas ou com brilho. 
 Verniz Polipar (Sayerlack): transparente e com ótima resistência química a riscos: bom para pisos, inclusive os de madeira. l Extravinil Acrílico Fosco (Renner): da linha antimofo, está disponível em 2.200 cores para fachadas de tijolo e concreto à vista, protegendo contra a infiltração de água e mofo. 

Pisos
Pisos de materiais porosos podem ser recobertos com resinas e tintas acrílicas especiais.
Para suportar tráfego intenso e as intempéries, use as resinas e o stain acrílicos superpenetrantes. Só funciona em superfícies porosas: cimentados, concreto aparente, cerâmicas, lajotas ou fibrocimento em varandas, cozinhas, lavanderias e quadras poliesportivas. Estas tintas também aderem a muros, telhas e fachadas.

Sugestões:
Novacor Piso (Globo Tintas): acabamento fosco com 12 cores de cartela.

Super Novacor Piso (Globo Tintas): com stain e silicone, dá acabamento acetinado a todas as cores de cartela. 
 Coralpiso (Coral): possui ótima resistência às intempéries e à abrasão, com nove tonalidades de linha.

Madeiras e metais

O alumínio e metais ferrosos, além de madeiras, aceitam bem certos esmaltes incolores ou tonalizantes.
Prefira esmaltes com acabamento fosco, acetinado e semibrilho. Ideais para madeira em ambientes externos e internos, podem ser usados em cercas, decks de pinus tratado, móveis de jardim e residências. São igualmente aplicados sobre metais ferrosos (portões, gradis, esquadrias), alumínios e cerâmicas não vitrificadas. Disponível em inúmeros tons de mercado ou incolor.

Sugestões:
Esmalte Coralit (Coral): acabamento fosco, acetinado e semibrilho.

Metalatex (Sherwin-Williams): baixo odor e rápida secagem.

Polisten (Sayerlack): ação fungicida e inseticida. Transparente ou nas cores da nogueira, cerejeira, castanho, canela e mogno inglês, além da amarela, vermelha, preta, azul, verde e branca.

Fachadas de madeira 
A fachada de madeira resiste mais quando recoberta por vernizes com stain.
Vernizes superresistentes com stain e à base de poliuretano dão acabamento adequado a madeiras em ambientes internos e externos. Eles protegem contra raios solares, água e fungos. Além de portas e janelas, são úteis para as fachadas de casas de madeira e peças decorativas sujeitas às intempéries. Aplicação com pincel, rolo ou pistola. 

Sugestões:
Poliulack (Sayerlack): à base de poliuretano, encontrado nas versões brilhante e fosco acetinado. 
 Verniz Alta Performance Stain (Suvinil): tinge a madeira sem esconder seus veios (além do tom incolor, mogno e imbuia), evitando rachaduras, trincas e formação de bolhas.

Hydroplus (Sayerlack): verniz importado, à base de água, nas versões incolor, castanho e mogno, com acabamento semibrilho. Ecológico, sem cheiro, não emite poluentes e é inofensivo ao homem, plantas e animais.

Coralstain (Coral): tingidor para madeiras, tem ação contra fungos e algas, com acabamento acetinado e incolor, disponível em cinco cores.

Fachadas de alvenaria

Nas fachadas de alvenaria, prefira os diversos tipos de látex.
Alguns látex PVA são mais resistentes e indicados contra intempéries. Porém, nas fachadas sempre expostas ao sol, à água e à abrasão, só use as 100% acrílicas. 

Sugestões:
Extravinil Super (Renner): látex PVA da linha antimofo e lavável. Acabamento fosco.

Recolor Teflon (Renner): acrílico e antimofo. 
  Frentes & Fachadas (Renner): 100% acrílica, corrige falhas e fissuras de até 5 mm em alvenaria, cimento amianto, gesso e tijolos à vista.

 Texturatto Classic e Renaissance (Suvinil): textura com base acrílica hidrorrepelente para quem deseja efeitos rústicos. Use rolos, escovas, e esponjas. Encontrada em mais de 200 cores.

As cores pelo Feng Shui
Na década de 90, os fabricantes lançaram seus sistemas de cores, que, com máquinas apropriadas, fazem misturas e possibilitam criar novos tons. Seus nomes variam conforme a marca. A Suvinil tem o sistema Selfcolor, a Renner, Multicolor, a Globo Tintas, tintométrico Personal Color, e a Sherwin-Williams, Classic Decorator. Do ponto de vista subjetivo, as cores influenciam nosso humor e refletem o emocional. A cromoterapia faz uso da energia emanada das tonalidades para harmonizar o corpo e a mente. Em sintonia com a onda do Feng Shui, a Suvinil oferece uma palheta de cores aliada aos elementos metal, água, madeira, fogo e terra. Estes, por sua vez, estão associados às áreas da vida pessoal, profissional e amorosa, segundo a arte milenar chinesa. Os cinzas e brancos do metal estão ligados à criatividade e às pessoas altruístas. A água corresponde ao azul, relacionado ao conhecimento, e ao verde, voltado à família e à saúde. O amarelo e o terra equivalem à madeira, elemento do dinheiro e do progresso. O vermelho, rosa e salmão estão associados ao fogo, ativam a fama e o relacionamento.
Fonte: Revista Casa e Jardim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários são moderados.
Não serão publicados comentários fora do contexto da postagem ou que utilizam de linguagem inadequada.