O BLOG

Uso este espaço para postar alguns temas que gosto: arquitetura, construção, sistemas construtivos, paisagismo, patrimônio cultural, arte, museus/museologia, design, escultura, finanças, fotografia, música, e outras coisinhas..

Este blog é fruto das minhas leituras, edito o que mais gostei...para nossa inspiração!

Obrigada pela visita e volte sempre.

Seja Bem-Vindo (a) !!!

Este blog foi elaborado pela arquiteta Marjorie Karoline © 2008-2016

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Como cuidar do jardim no inverno

O frio brasileiro não é exatamente rigoroso. Mesmo assim, o vento gelado e o aumento da umidade do solo são suficientes para que as plantas sintam a mudança de clima e precisem de um tratamento diferente do que recebem nas estações mais quentes. 

Aprenda estas dicas para se preparar para o próximo inverno:


Diminuir a quantidade de água oferecida às plantas é a primeira medida a ser adotada no inverno. "As temperaturas baixas contribuem para que haja menos evaporação. O resultado é que as espécies precisam de menos regas do que nas outras épocas do ano", ensina o paisagista João Jadão. 

Para verificar a necessidade de água, use o truque de tocar a terra com os dedos: se o solo estiver seco, regue. 

Prefira fazer isso no início da manhã, já que a planta vai utilizar essa água ao longo do dia para realizar a fotossíntese. 

Embora as folhas caídas criem um cenário invernal no jardim, o certo é recolhê-las para evitar a proliferação de fungos e bactérias e liberar o gramado para receber luz natural.

Um dos piores inimigos das plantas são os ventos, que arrancam folhas e galhos, levam a terra embora e derrubam vasos. 

No inverno, eles se tornam ainda mais potentes. "O vento sudoeste costuma ser o prenúncio de geadas", alerta Raul Cânovas. 

Para proteger as espécies mais delicadas, procure criar um muro verde na área externa, colocando plantas altas nos locais que recebem as rajadas. "Álamos e casuarinas são boas opções", exemplifica. 

Em jardins menores, pode-se recorrer a bambus e arbustos cheios, como os buxinhos. E, nas varandas no alto de prédios, às vezes a ventania é tanta que só o fechamento do espaço com vidro permite a criação de um paisagismo. 

De junho a agosto, os ventos são frequentes nas regiões Sul e Sudeste. Os que chegam do sul trazem umidade e, quando ocorrem, é necessário verificar se as plantas ainda precisam ser regadas.

Muita gente acredita que a melhor época para implantar um jardim é na primavera, mas o inverno traz vantagens para as espécies. "Sem o calor em excesso, há a redução na proliferação de pragas e doenças, o que torna o período favorável para o plantio", afirma o engenheiro agrônomo Marcelo Noronha, da Minha Horta.

Abaixo algumas sugestões de plantas que florescem no frio:

Ela também floresce no frio: Azaléia (Rhododendron simsii)


Ela também floresce no frio: Ipê amarelo (Tabebuia chrysotricha)


Ela também floresce no frio: Magnólia (Magnolia liliflora)


Ela também floresce no frio: Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima)


Ela também floresce no frio: Calêndula (Calendula officinalis)


Ela também floresce no frio: Margarida (Chrysanthemum leucanthemum)


 

Ela também floresce no frio: Prímula (Primula malacoides)

Ela também floresce no frio: Acácia (Acacia farnesiana)


Ela também floresce no frio: Estrelítzia (Strelitzia reginae)

Via Casa Claudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários são moderados.
Não serão publicados comentários fora do contexto da postagem ou que utilizam de linguagem inadequada.